São cenários incríveis que despertam os sentidos e marcam para sempre, seja qual for o dia do ano em que os visite. Uma das maiores atrações da Madeira é a luxuriante vegetação nativa, caraterística da macaronésia, que combina as características tropicais com as mediterrâneas e que o vai deixar assombrado com a paleta de cores e o leque de cheiros que vai encontrar. A floresta indígena da Madeira, a “Laurissilva”, foi reconhecida pela UNESCO, em 1999, como Património Mundial Natural da Humanidade, e é um dos pontos altos de qualquer viagem ao Arquipélago. Prepare-se para descobrir paisagens cheias de cor e movimento, que o vão deslumbrar e surpreender, despertando todos os seus sentidos.

 

A Floresta Laurissilva é maioritariamente caraterizada por árvores de grande porte, e devido à localização geográfica da ilha, ao clima atlântico moderado e à orografia, a Madeira é também o habitat de uma elevada riqueza de flores. No entanto, a riqueza natural do Arquipélago não acaba na sua vegetação. Vai muito para além disso e apresenta uma fauna extremamente rica. A avifauna manifesta-se de forma mais significativa, sendo a observação de aves é uma das atividades na qual pode participar a quando de uma visita ao arquipélago.