A chegada do Ano Novo é um dos momentos mais festejados na ilha da Madeira.

O grandioso espetáculo de fogo-de-artifício, da noite de 31 de dezembro, foi, inclusive, reconhecido como o maior do mundo, no livro de recordes do Guinness. Mas o requinte e a tradição das celebrações do Ano Novo, não se resumem a uma só noite…

 

 

Música na Avenida Arriaga

Divirtam-se ao som da música que toca na Avenida Arriaga, ao longo destes últimos dias do ano. Acontecem diversas atuações de bandas filarmónicas, grupos folclóricos e coros que animam toda a baixa citadina nesta época. Nos Jardins do Palácio de São Lourenço, poderão assistir a diversos concertos de música clássica, jazz, bandolins, guitarras e dos tradicionais cordofones madeirenses. Na Sé Catedral, não percam o fabuloso Festival de Coros de Natal, do Orfeão Madeirense. O Concerto de Fim do Ano, da Orquestra Clássica da Madeira, decorre no belíssimo Teatro Municipal Baltazar Dias e é uma excelente forma de terminar o ano.

Para mais informações consulte o programa de eventos do Turismo aqui.

 

 

Corrida de São Silvestre

Se procuram adrenalina e emoção, juntem-se aos milhares de desportistas, profissionais e amadores, que participam na tradicional “Volta à cidade do Funchal”. O circuito é de 5.850 metros e percorre as principais ruas da capital. Se preferir um ritmo mais lento, a caminhada coletiva “Marcha da Saúde”, é uma boa alternativa. As receitas desta Marcha revertem para a solidariedade social.

 

 

Noite do dia 30 e 31 de dezembro

Na Madeira, a passagem de ano inicia-se no dia 30 de dezembro. Locais e visitantes escolhem o requinte de muitos hotéis e restaurantes, para celebrar esta época. Depois do jantar, segue-se a festa com dança e convívio, que se prolonga até à noite do dia seguinte. As temperaturas amenas permitem que as senhoras exibam os seus vestidos de gala, enchendo as ruas do Funchal de um glamour especial. Os senhores vestem-se a rigor; de smoking ou fato escuro, nesta noite de culto ao novo ano. Os bares e discotecas da capital vibram de animação.

O dia 31 começa com a chegada de inúmeros navios de cruzeiro à baía do Funchal. As ruas enchem-se de turistas e locais, numa alegre reunião de múltiplas nacionalidades. Ao cair da noite, os locais iluminam as suas casas e as ruas ganham outro encanto. Hotéis e discotecas preparam a grande noite de Réveillon. Na Praça do Povo e no cais da cidade decorre o concerto da Noite de Passagem de Ano, da Orquestra Ligeira da Madeira. Começa assim a contagem decrescente para a meia-noite, que culmina com o Espetáculo Pirotécnico.

 

 

Famílias e amigos reúnem-se nas varandas das suas casas, nos hotéis, nas praças e nos miradouros, festejando a famosa noite com comes e bebes, num convívio de alegria contagiante. Lançam-se foguetes e fazem-se resoluções de ano novo. Manda a tradição, que ao toque das 12 badaladas, se peçam 12 desejos, (um por cada passa de uva que se come), que se suba um degrau e que se guarde uma nota de dinheiro no bolso (para que o ano novo traga sorte e prosperidade).

 

 

Durante o espetáculo do fogo-de-artifício, que tem uma duração de cerca de oito minutos, os foguetes explodem, num espetáculo magnífico e sincronizado de cor, formas e luz, no mar e no anfiteatro da cidade. Os navios de cruzeiro apitam, os sinos das Igrejas tocam, ouvem-se brindes ao Ano Novo, palmas e saudações, que enchem de música e de calor humano, esta atmosfera inebriante. Para muitos, a festa ainda mal começou e as celebrações de Ano Novo prolongam-se até ao pequeno-almoço do dia 1 de janeiro, como manda a tradição.

O brilho desta ilha encantadora, iluminada pelo fogo-de-artifício, o clima ameno, a paisagem envolvente, os abraços, os sorrisos e a euforia do ambiente, são a fórmula perfeita para criar memórias inesquecíveis. Sintam a magia do Ano Novo na Madeira.

 

 

Algo que só se consegue explicar depois de assistir ao vivo!

É incrível… Descubram a Madeira!