Surfar na Madeira é do melhor que há!

O Arquipélago é especialmente apreciado pelas suas ondas de classe mundial!

Nestas Ilhas, rodeadas pelo Oceano Atlântico, quebram ondas perfeitas, límpidas e constantes, com ondulações médias de 2 metros e uma elevada frequência ao longo do ano. A melhor época para surfar é entre setembro e maio, sendo que os meses de novembro a janeiro são os mais apetecíveis.

 

 

 

As praias de Surf são de calhau rolado e rochas, especialmente procuradas por surfistas profissionais, tais como Grant ‘Twiggy’ Baker ou Garrett McNamara, atraídos pelo potencial das ondas grandes.

 

A topografia da Madeira é um fator determinante para a formação de ondas perfeitas, com os seus caraterísticos “Point breaks”. Mas, existem muitas outras caraterísticas  que atraem os amantes de surf: a exclusividade e beleza da ilha vulcânica, as praias que estão rodeadas por paisagens paradisíacas, as montanhas verdejantes e cascatas de água, que correm até ao mar, o clima ameno, ao longo de todo o ano, e as águas tépidas são apenas algumas das várias vantagens desta ilha.

 

 

 

 

Na Madeira, o surf é bom e recomenda-se! Quer seja para iniciantes ou profissionais, existem praias excelentes, tais como a Praia da Maiata (Porto da Cruz) onde existe também um Surf Camp, para aperfeiçoar ou iniciar esta prática.

Curtam as ondas poderosas do Jardim do Mar ou as curvas limpas do oceano, nas praias do Paul do Mar e Ponta Pequena. A Ponta do Pargo é uma também uma das muitas jóias do surf na Madeira, com acesso de barco. Na Costa Norte da Madeira apanhem as ondas imensas da Fajã da Areia (São Vicente) onde existem também infraestruturas de apoio.

As praias têm também canais para circulação que facilitam o “line up” dos surfistas, que podem assim fazer-se à onda, sem grandes atropelos. Juntem-lhe o fator “uncrowded”, pouco vento e paisagens inesquecíveis, e imaginem com o que vos espera.

 

A uma pequena distância de barco do Funchal, cerca de 2 h 15 m ficam as praias da Ilha do Porto Santo. Descubra as suas ondas limpas, na Praia do Cabeço ou na Praia da Lagoa. As ondas do Porto Santo, um paraíso, de areia dourada e macia, são sobretudo indicadas para surfistas iniciantes, que querem familiarizar-se com este desporto radical.

 

 

 

Surfar no Arquipélago da Madeira não se explica, sente-se.

São só vocês e a natureza, a viver o momento de culto, a sentir o ambiente quente, dentro e fora de água, a ouvir o barulho das ondas, e a gozar a adrenalina inexplicável do equilíbrio perfeito, entre a onda, a prancha, a mente e o corpo.

Do mar à montanha, do nascer do sol ao cair da noite, a sós com as ilhas, a vibrar…

Venham surfar na Madeira!! Vemo-nos no mar!

Descubram a Madeira!