Na Madeira existe uma enorme diversidade de coisas para fazer e outras tantas para experienciar…. alguma vez já pensaram no tipo de aventuras que gostariam de experimentar quando visitarem a ilha?

 

Pois bem, se ainda não o fizeram aqui, estão 5 sugestões.

Foram feitas pelo Jeff que tem uma empresa de animação turística, e que ao longo de vários anos tem vivido momentos incríveis neste maravilhoso destino que é a Madeira.

Segundo o Jeff as vivências são tantas e de tal forma fantásticas que não foi fácil fazer a seleção de apenas cinco. Sem nenhuma ordem em particular, estas são as experiências que o Jeff escolheu como as mais marcantes:

 

1.Caminha ao Caldeirão do Inferno

Eu e o Tiago, um grande amigo meu, decidimos juntar-nos a um grupo local de caminhantes, os Amigos da Natureza, para esta aventura. Este é grupo que organiza diversos passeios pela natureza e reúne-se normalmente aos Domingos. Desta vez, o passeio foi uma aventura… nada menos que 20 km a andar.

 

 

Neste dia em particular o tempo estava um pouco chuvoso. Depois de uma longa caminhada pela Floresta Laurissilva, chegámos ao destino, o Caldeirão do Inferno.

 

Mas que sensação mágica, foi como chegar à mais pura forma da vida, energia contagiante onde a água se encontra com o vulcão. Os sons eram incríveis, as vistas eram de outro mundo, e lá estávamos nós… apaixonados pela natureza, espantados com a realidade que estava à nossa volta. Até o dia de hoje, esta foi a minha única ida ao Caldeirão do Inferno mas não será, de certeza, a última.

 

 

2.Nascer da Lua no Paúl da Serra e avistamento de estrelas

Este foi um dia muito especial, passado com uma família de 8 turistas. Eu e o meu amigo Tiago aceitámos e desafio e acompanhámos esta família nesta aventura. “Equipados” com 2 Land Rovers lá fomos nós… cheios de entusiamo!

Depois de um agradável jantar ao pôr-do-sol no Porto Moniz, fomos até ao Paúl da Serra, o planalto mais alto da Madeira. Aqui não há nada para além da natureza, nenhum edifício, nenhuma pessoa, nenhuma luz. Estacionámos num local seguro e demos por nós acima das nuvens, no escuro “iluminado” da noite.

Não sei se alguma vez já estiveram acima das nuvens. É uma sensação única, mas estar acima das nuvens durante a noite, é algo incrivelmente diferente. Como descrever? Algo saído de um sonho, talvez.

 

 

Esperámos 5 minutos, quando vimos uma luz a aparecer por detrás de um dos picos. Era a lua e nós estávamos a testemunhar o nascer da lua, no Paúl da Serra, acima das nuvens. Desde esta experiência aprendi que existem apps que calculam a hora do nascer da lua e qual a direção em que vai nascer. Fantástico, não é?

 

 

3.Nascer do Sol no Pico do Arieiro

5:30 da manhã… lá fomos nós. Parámos, ainda de noite, para um snack num local com uma vista incrível sobre a cidade do Funchal. Depois fomos em direção ao 3º maior pico da ilha, o Pico do Arieiro.

O nascer do sol foi perfeito, com algumas nuvens, pouco vento, um tempo agradável, a combinação perfeita para esta experiência.

 

 

O nascer do sol visto deste local está, certamente, ente o top 5 dos melhores Mundo!!

 

 

4.Subida até ao Pico Ruivo

Este foi um desafio. Uma caminhada de cerca de 8 km e com um desnível de 1376 m. Chamar-lhe a “escadaria para o céu” seria uma subavaliação… é sem dúvida muito mais do que isso.

O dia estava um pouco chuvoso, mas surpreendentemente isto tornou o dia muito mais memorável. Estava rodeado pelas nuvens durante quase todo o percurso, uma sensção fascinante! Foi a, mais ou menos, 10 metros do topo que consegui ver o céu azul, sem nenhuma nuvem. O sentimento foi de alegria e satisfação.

 

 

Este é um percurso recomendado para pessoas que gostam de exercício físico, de aventura na natureza e de um bom desafio.

 

 

 

5.Parapente no Arco da Calheta

Com esta experiência “encontrei-me”. Fui convidado por uns amigos para me juntar a esta proeza. Claro que aceitei.

Antes de sequer me ter mentalizado do que estava prestes a acontecer, dei por mim já no ar, a voar a uns 200 metros do nível do mar. Comigo, tinha um guia que me contava várias curiosidades sobre a modalidade e sobre a ilha.

 

Pode parecer algo assustador, mas não há nada com que se preocupar. A única coisa que têm que fazer é olhar para a paisagem, apreciar o momento, e o guia trata de fazer o resto.

É como estar sentado no sofá, só que no céu. Muito relaxante… o som do vento é incrível. Uma experiência de tirar a respiração, sem comparação.

Depois de ter conversado um pouco com o guia, fiquei a saber que a Madeira é um dos melhores locais do mundo para a prática de parapente.

 

 

Surpreendente!!

Descubram a Madeira!